sexta-feira, novembro 21, 2008

O segredo!


Decidi-me, finalmente!
Fora do estado de vigília fiz a minha tão sofrida escolha e, lá, neste lugar, pude dar continuidade a tudo que ficou suspenso... No ar!
Cansei de me por a prova, cansei de ter que saber qual é o certo, ou qual é o melhor caminho... sobretudo, quando ambos os caminhos têm coração! Contudo, um destes é que não mais tinha razão!Então, assassinei a razão e me joguei na emoção das eternas noites azuis. Vivendo a ilusão do devir em todas as suas perspectivas.

2 comentários:

Helenadetroia disse...

Certa vez me fiz essa pergunta: esse caminho tem coração? Foi quando cheguei a conclusão que eu não sabia sobre o coração, tão pouco sobre os caminhos.
Até hoje, quase nada sei... mas vai uma dica, do próprio autor: se o caminho tem coração, vc se sente feliz, alegre, energizado, VIVO.

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Olá Cath!Estava sentindo a sua falta!Ainda bem que fez a sua escolha,pois na vida tem-se que se escolher à toda hora.

Tem uma magoazinha no seu texto ou é só impressão?

Com mágoa ou sem ela muito bonito,beijos saudosos,Sonia Regina.