quinta-feira, novembro 29, 2007

Procuro...

Procuro as palavras, mas as palavras não são suficientes para definir o que há em mim...
Procuro um caminho, mas caminhos não são capazes de me dizer a razão.
Procuro a chuva, mas a chuva não pode me livrar da solidão.
Procuro você, mas você não mora mais em mim....

2 comentários:

Helenadetroia disse...

Resposta da solidão:
Cada pessoa que te preenche, não preenche para sempre, apenas eu (a solidão) sou eterna, pois eu sou o próprio vazio. Sua companheira de sempre.
Uma dica: tenha a todos, mas saiba sempre que nenhum preenche... somos impregnados de vazio...
H

Cathy disse...

Então o incauto improfícuo da solidão resolveu perturbar...
- Mas ela pode a sua melhor amiga!
Diz Cathy à sua menina de imensos olhos arregalados!!!!
;)